Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Pretende-se com esta oficina dar uma base teórica e um amplo leque de propostas e recursos para trabalhar animação à leitura e a promoção do livro , na aula, na biblioteca e outros espaços.

 

Parece indiscutível que ler é um passo prévio e necessário para a aquisição de conhecimentos, mas também para o crescimento pessoal, para o desenvolvimento das capacidades e da atitudes nas crianças.

 

Sem leitura não existe aprendizagem. Porém ler é também uma porta aberta a outros mundos, a outras vidas, uma fonte de prazer e de disfrute. Ler faz-nos mais livres.

 

Conteúdos : a necessidade de ler ? | a animação à leitura : atitudes, centros de interesse, livros, histórias, tradição oral ,folclore  | Os livros | Algumas propostas: livros que dão pistas | Outras propostas: pequenos e grandes jogos com liovros | Ócio e outros espaços alternativos | Algumas grandes actividades de animação à leitura | A todas as horas | Oficinas | Contar contos
 

B – Poesia com Papel  –  Gémeo Luís

 

O que será que o Gémeo Luís vai fazer com uma fotocopiadora, clips, fita cola, colas, papel A3 e A4, sacos de plástico do lixo pretos, tesouras, x-actos, lápis, marcadores pretos grossos , cartões grossos para servirem de base aos trabalhos a recortar....  é um mistério, mas ... se olhar com  atenção para o seu trabalho como ilustrador talvez seja fácil de perceber. A verdade é que quiser saber, vai mesmo ter de se inscrever .

 

C - Leituras de corpo inteiro – Letícia Liesenfeld

 

Que elementos expressivos podem apoiar o acto da leitura em voz alta?

 

Partimos desta questão para propor a criação de uma "leitura em relevo", onde o corpo, a voz, e a relação com o espaço e com os objectos participam como materiais expressivos integrados na estruturação do acto da leitura.

 

Exercícios que desenvolvem o movimento do corpo e a manipulação e relação com o livro, serão a base deste trabalho. Arriscaremos em conjunto ao longo do ateliê, a criação de pequenas composições apoiadas nos materiais expressivos encontrados.

 

Utilizaremos neste trabalho três livros que, pelas suas características temáticas, narrativas, e plásticas, são dirigidos a públicos de faixas etárias diferenciadas. E desta forma nos permitem explorar a lenga - lenga de A Mosca Fosca, o diálogo de Um segredo mal guardado e a palavra poética de O Gato e o Escuro.

 

D – Festa da Palavra : criação poética e jogos orais - Alexis Pimienta – em castelhano

 

Experiência poética que tem  como objectivo  fundamental,  incentivar os hábitos de leitura através de jogos orais e mnemotécnicos, improvisações, adivinhas, contos, piadas  e outros recursos  lúdico-recreativos. Nestas  seis horas conjugar-se-á o lúdico, o poético e o didáctico.

 

Utilizando uma metodología activa e participada, baseada em exercícios e jogos com rimas, versos e estrofes, o poeta desperta  no grupo o seu potencial criativo.  De forma lúdica potencia-se a concentração, a memória, o dominio lexical e sintáctico, desenvolve-se e enriquece-se o vocabulario , potencia-se o carácter competitivo.  Hoje em muitos lugares começa a utilizar-se a oralidade como recurso pedagógico, está  na hora de voltar  aos  exercícios mnemotécnicos, ao ritmo, ao jogo da memória, suportados nos cantos folclóricos e nas formas tradicionais do saber.

 

Tópicos : Segue a rima | Segue a rima em cadeia | Frases e métricas | Completa a quadra | Completa a quintilha e a décima  | Memorização de estrofes

 

E –  Reservado o direito de leitura | Oficina sobre a dinamização dos clubes de leitura presenciais e 2.0. – Piratas de Alejandria – em Castelhano.

 

Há clubes para tudo: de  futebol e de futebolistas, de golfe e de golfistas, de países emergentes e imergentes,  etc.  Porém de todas estas panóplias de possibilidades, vamos escolher uma, a reunião mais selecta: a dos clubes de leitura. Um grupo de cidadãos, entre os 8 e os 100 anos que decidem dedicar o seu tempo ao exercício mais etéreo, fantástico e complexo, de todos os que foram inventados pelo ser humano: viajar através de um livro .

 

F - Imaginário Tradicional – o livre curso das estórias? – Maria Teresa Meireles

 

Sobre contos, lendas, rimances, rimas, adágios, provérbios, adivinhas e demais rios que correm para o mesmo mar: o Imaginário Tradicional.

 

Que imagens percorrem esses textos de tradição oral? Que constantes, que elos, sequências, imagens e contextos nos envolvem e nos devolvem aquilo a que chamamos Imaginário Tradicional?

 

Pequeno curso livre sobre o Imaginário Tradicional.

 

G - Palavras de água e vento – Emília Traça

 

De que falamos nós, quando falamos de poesia? A memória da poesia está nossos genes? A poesia está na moda? A poesia está na rua? Que laços unem a poesia à música à pintura e à dança? O que é a poesia oral? E Poesia de Autor? A poesia Oral é fonte de criação? Poesia rima com utopia, magia… e com pedagogia? Existe uma poesia para crianças? Qual o papel da poesia na Educação? As Palavras  podem ser brinquedos?

 

Nesta oficina iremos procurar algumas respostas e formular outras tantas inquietas perguntas.

 

H – Inventário de Vozes – Cristina Verbena - em castelhano.

 

Esta oficina visa fomentar a criatividade vocal através de propostas de jogos de grupo e individuais.

 

“ LA VOZ QUE JUEGA A ENCONTRARSE CON OTRAS VOCES, QUE BAILA EL AIRE Y DIBUJA GESTOS, FORMAS NUEVAS.

 

LA VOZ ASOCIADA AL CUERPO Y AL MOVIMIENTO.¿QUÉ CUENTA MI VOZ? PAISAJES SONOROS CREADOS EN GRUPO, LENGUAJES INVENTADOS Y TRABAJO CON CANCIONES TRADICIONALES

 

Esta oficina inclui uma parte de exercícios de relaxamento e aquecimento vocais de forma a que a experimentação não coloque em risco a saúde vocal dos participantes.


 

I – A arte de ser leitor – Zé Fanha

 

-  “E Deus disse faça-se Luz…” O mundo foi feito pela palavra?

 

Apontamentos para uma História da renitência à leitura em Portugal.

 

Ler é  perigoso? A leitura como divergência.

 

Leitura e emancipação: para uma história da partilha da leitura.

 

Edição e formação de comunidade interpretativas informais.

 

-  Construir uma  sociedade da informação e do conhecimento.

 

Os equívocos do uso da net.

 

De que  é que falamos quando falamos de leitura?

 

Ler fácil, ler difícil. Oralidade e sentido.

 

Leitura e tradução. Leitura e viagem.

 

Ler e escrever.

 

J – Habitar el Sonido  -  Rodolfo  de Castro – em Castellano

 

A busca de sentido das palavras| Como tratar um texto para extrair-lhe a voz | Um pouco de história | Uma proposta de analise e construção de um espectáculo | O corpo a palavra, a cena e o público | As quatro dimensões da narração: espaço, tempo, profundidade e intuição. Uma proposta que vai da cabeça ao corpo e à intuição. As palavras dizem como querem ser ditas | O corpo diz como quer ser dito | O público diz como quer escutar |

 

L - Quem tem medo do Lobo Mau ? – Maurício Correa Leite

 

Uma oficina que fala sobre lobos? Sobre maus? Sobre lobos maus?

 

(1) “… ninguém conhece a história verdadeira, porque ninguém jamais escutou o meu lado da história.” (2) “… Rip Van Winkle, sentiu um vago arrepio de medo. Espiou ansioso na direcção de onde viera o chamado…”  de susto em susto, de história em história, abrem-se 15  livros onde  lobos,  fantasmas,  anões, feiticeiras e bruxas criam o medo e o espanto. A análise do texto e da ilustração, levará ao diálogo entre ambos e a uma abordagem artística integrada, onde se cruzam múltiplas linguagens. Chegaremos à produção de novos e misteriosos textos, à  identificação  de critérios fundamentais para a selecção de acervo e à descoberta de como trabalhar o livro na escola, em casa e na biblioteca, tendo sempre em perspectiva a formação continuada do leitor.

 

1 - A verdadeira história dos três porquinhos! Jon Scieszka |Lane Smith.

 

2  -  Rip Van Winkle, de Washington Irving, ilustrado por John Howe.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Alan a 03.05.2017 às 04:39

muito interessante! legal mesmo.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ